top of page
Como gerir o stress devido ao cancro da mama

Para além de responsabilidades como o trabalho, a família e a vida quotidiana, um diagnóstico de cancro da mama acrescenta uma nova camada de stress. Há formas de enfrentar esses desafios, quer seja na altura do diagnóstico ou anos mais tarde.

Técnicas de gestão do stress

A melhor forma de lidar com o stress ou a ansiedade é praticar técnicas de gestão antes de precisares delas. Se conseguires encontrar algumas formas de acalmar a tua mente e encontrar resiliência, então quando um momento stressante chegar, estarás equipado para o enfrentar de frente.

 

  • Exercício físico. Está provado que o exercício alivia o stress e não só distrai a tua mente, como também alivia o stress físico. Mesmo uma pequena caminhada ou uma sessão de ioga pode ajudar.

  • Dedica tempo a ti próprio. O simples facto de fazer um recado sozinha ou de te sentares ao ar livre para almoçar pode ser uma pausa bem-vinda na tua rotina diária.

  • Praticar o treino da atenção plena e a meditação. Ser capaz de limpar a mente e manter-se presente é uma ferramenta importante caso surja uma situação stressante.

  • Aprende técnicas de visualização e respiração. Treinar a respiração e a mente para acalmar o corpo é uma forma fácil e eficaz de libertar a tensão e a ansiedade.

  • Encontra o método mais adequado para ti. Existem muitas técnicas complementares que podem ajudar a lidar com os efeitos secundários físicos e mentais do diagnóstico e do tratamento.

  • Pede ajuda

 

Por vezes, o stress do teu diagnóstico ou da tua vida quotidiana pode ser mais do que avassalador. Não hesita em pedir ajuda profissional se precisares. Os profissionais de saúde mental, como um psicólogo ou um assistente social, são especialmente qualificados para te ajudar a ultrapassar estes desafios e podem ser recomendados pelo teu oncologista ou outro profissional de saúde.

bottom of page